Deus não divide a glória com ninguém !

Por: Hellen Munizii

Essa semana quis fazer algo diferente , em vez de escrever como sempre faço , preferi postar esse vídeo do cantor ,Roldolfo Abrantes. Neste vídeo ele fala sobre a IDOLATRIA CRISTÃ , algo que tem acontecido dentro de nossas igrejas.
Sei que o assunto é polemico, mais tem que ser tratado , nós como cristãos temos que abrir os nossos olhos e parar de dar glória para quem não é digno , pois o único que é digno de GLORIA E HONRA É JESUS !

 

Resoluções de Ano – Novo?

Escrito Por: René Breuel

Imagem
Estudar pra valer este ano. Investir em uma nova amizade. Arriscar puxar papo com ela (ou ele). Crescer em generosidade, ou paciência, ou sabedoria. Cada fim e início de ano trazem festas, férias e pensamentos elevados, momentos que nos tiram da rotina e alçam as nossas mentes para o panorama maior de nossa vida. Quem eu quero ser? Como posso melhorar este ano?

É uma época que me lembra das glórias e tolices da esperança. O Ano-Novo é um momento de olhar para frente, de imaginar o futuro sob um novo ângulo, de nos comprometermos com uma visão maior para a vida. É também um momento de cansaço e cinismo, pelo menos para aqueles de nós que fizemos resoluções de Ano-Novo no passado e depois nos esquecemos delas ou falhamos.
As estatísticas confirmam que 97% das resoluções de Ano-Novo nunca são cumpridas. Eu mesmo já fiz resoluções sérias e motivadas em anos passados, das quais eu não me lembrava já no final de janeiro. Meus planos grandiosos e conquistas esperadas se tornaram distantes nas trincheiras da vida cotidiana.
Para que me importar então? Se o presente me domina e eu sou tão instável, vale a pena refletir e me comprometer com objetivos para o ano? Como brinca Oscar Wilde, “A resolução de Ano-Novo é algo que chega em um ano e sai no outro”. Mark Twain, outro que não perdia uma oportunidade para dar uma cutucada, acrescenta: “O Ano-Novo é uma instituição anual inofensiva, de nenhuma utilidade especial a não ser como desculpa para bêbados desenfreados, abraços bem-intencionados e resoluções bobas”.
Porém, existe apenas uma coisa que me mantém fiel e que vai me levar para o caderninho com algo para 2014: eu conheço alguém que vai cumprir as suas resoluções este ano. Todas. Sem falhar. Bem no alvo. Bem na hora. E eu sei disso porque ele não falhou por muito tempo. Ele estava lá quando eu precisei abrir o coração e receber esperança. Ele estava lá para ouvir a minha confissão de pecado. Ele também estava lá com o bolo pronto e as velas acesas quando um amigo se abriu para a graça pela primeira vez. Ele cumpriu as suas resoluções desde janeiro passado e desde o início dos tempos, e tenho certeza de que, em 2014, ele vai cumprir tudo de novo.
Mesmo que eu esqueça os meus planos e seja tentado a não encanar, as resoluções de Deus me dão esperança. Eu vou esquecer, me atrapalhar, me perder e me desesperar este ano, e as boas expectativas de janeiro não vão me sustentar até o fim.
Mas Deus será fiel no 4 de abril, se manterá assim no 29 de agosto e também nas altas horas do 2 de dezembro, e, se eu me mantiver conectado a essa fidelidade constante, talvez este ano seja melhor que o ano passado. Talvez as minhas resoluções façam diferença. Talvez eu me torne um pouco mais gentil, um pouco mais santo, um pouco mais alegre. Talvez eu possa ser erguido justo no momento do desespero, quando levantar os olhos e vir Deus marchando avante com o vigor do otimismo de janeiro. Talvez, quando eu me lembrar de Deus, serei revigorado como em uma festa de Ano-Novo, cheia de risadas, amigos e contagens regressivas, pois Deus será sempre fresco, jovem e esperançoso, e terei uma chance de recomeçar, mais uma vez, mesmo no meio do ano.

 

René Breuel é pastor de uma igreja em Roma, Itália, editor do fórum wonderingfair.com e autor de “O Paradoxo da Felicidade”.

BREUEL, René. Resoluções de Ano-Novo?. Ultimato, Janeiro-Fevereiro, 2013, p. 44.
Disponível em: Revista Ultimato

ESPERE E NÃO PEQUE

Por: Mábile Teixeira, leitora e colaborada.

Imagem

“A mulher viu que a árvore era bonita e que suas frutas eram boas de se comer. Ela pensou como seria bom ter entendimento”. Genesis 3.6

Ao ler esse versículo me dei conta de como o pecado é sutil e aparentemente inofensivo. Ele trás atrativos, alegria, dinheiro, amigos e etc. É verdade, ele nós dá tudo isso, e além disso sabe o que mais ele trás? Consequencias drásticas como a morte e o inferno eterno.

Mas o que faremos para evitar o pecado? Existem muitas coisas a serem feitas e não são fáceis, mas nesse pequeno versículo encontrei algumas maneiras de evitá-lo.
1º “A mulher viu”: tudo começou com os olhos. Quando Eva voltou seu olhar para a árvore proibida ele desviou-se do foco. É isso que acontece com a gente. Sabemos que não devemos ficar de ‘namorico’ por aí, somos meninas e meninos de Deus, e somente Ele sabe nos dizer o momento e pessoa certa a se namorar (namorar pra casar ok?). Então, se nossas escolhas estão voltadas para Deus, porque ficaremos olhando para ‘árvores’ alheias? O nosso olhar pode nos tirar do foco. Olhe somente para Jesus.
2º “Ela pensou como seria bom”: o segundo passo após a ‘olhadinha’ é a curiosidade. A curiosidade pode nos mover a fazer coisas
erradas. Eva ficou curiosa em saber o sabor daqueles frutos, e em sua cabeça pensou ‘vai ser só uma mordida e pronto’ e talvez você pense ‘será apenas um beijinho e pronto’.
Eva ao comer o fruto comprometeu TODA a humanidade com sua desobediência, não precisamos comprometer a nossa vida com o pecado, Jesus nos deu várias dicas (como essa que lemos hoje) para não cairmos na cilada do inimigo. Vamos fazer o que a Bíblia nos ensina “não desviar o olhar nem para direita e nem para a esquerda”, olhemos pra Jesus. Não fiquem curiosos e nem ansiosos, espere em Deus, com certeza Ele preparou alguém cheio do Espírito Santo pra você.

Metamorfose !

METAMORFOSE ESPIRITUAL (1)

Por : Hellen Munizii

A palavra metamorfose significa transformação ,geralmente é usado com relação a mudanças ocorrida com certos animais, um exemplo é o que ocorre com a lagarta que que se transforma em borboleta.

Desde o pecado original , o homem vive em constante insatisfação com a sua vida e aparência. Mudança é a palavra de ordem , buscamos um padrão de beleza que não existe , mudar a cor dos olhos , cabelos , engordar , emagrecer , alisar , encrespar , cirurgias plásticas , procedimentos estéticos , são práticas comuns da maioria.

Há mudanças que são mais significativas que acabam por envolver a vida das pessoas em nossa volta , um novo emprego, uma nova casa , um novo endereço …

A mudança que quero tratar hoje é mais profunda , não é meramente estética , é a mudança que acontece na alma , é a mudança de caráter , renovação de mente , renúncia .

Jesus disse : ” se alguém quer vir após mim , a si mesmo se negue , tome a tu cruz e siga-me ” Mateus 16:24

Negar-se é renunciar a sua vontade , é mudar “aquela velha opinião formada sobre tudo “, e estar dispostos a realizar as mudanças necessárias que o viver em Cristo impõe , para que possamos experimentar um vida plena e feliz . ( Romanos 12:1) .

Não existe Cristianismo sem que haja real transformação . O apostolo Paulo escreveu :

“No sentido de que quando ao trato passado vos despojais do velho homem que se corrompe segundo as concupiscências do engano , e vos renoveis no espirito do vosso entendimento , e vos revistais do novo homem criado segundo Deus em justiça e retidão procedentes da verdade . Efésios 4:22-24.

Negar – se a si mesmo , tomar a cruz e segui-lo , exige amor , perseverança e coragem !

Muitos estão sendo enganados por um evangelho mentiroso onde lhes é ensinado que seu estilo de vida pecaminosa para Deus não importa , pois cedo ou tarde o ” Espirito Santo opera as mudanças necessárias “.

Arrependimento , sacrifício , vontade de se ajustar aos santos padrões de Deus não são mais elevados em conta.Semana passada li sobre depoimento de uma cantora secular , que disse estar redirecionando sua carreira para a música gospel , sem é claro deixar de cantar as músicas que lhe fizeram ser conhecida pelo público pois conforme ela mesma declarou :” tenho muitos fãs gays que admiram meu trabalho “.

Diante disso eu me pergunto :

Até que ponto as pessoas realmente dispostas a abandonar o seu velho estilo de vida e se moldar a vontade divina ?

A decisão é sua !

Você pode segui-lo de longe ou morar com Ele  por toda a sua eternidade .

Rastejar como lagarta ou voar como a borboleta . Você é quem decide !

O Justo Jó e a Estrela do Rock

Por: Pastor John Piper

Enviado por: Anna Belisário

Imagem

Quando ele perdeu seus dez filhos para um grande vento (como o furacão Mitch) que os matou esmagados, Jó rasgou seu manto, rapou sua cabeça, se lançou em terra e adorou. E ele disse, “Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu e o Senhor o tomou; bendito seja o nome do Senhor” (Jó 1:21). Depois quando ele foi atacado por chagas da cabeça aos pés, Jó disse para sua mulher blasfema, “Receberemos o bem de Deus e não receberíamos o mal?” (Jó 2:10). Nos dois casos o autor do livro de Jó diz, “Jó não pecou” nessas corajosas afirmações da soberania de Deus (1:22; 2:10).
Quais são as principais influências dos jovens hoje em dia a respeito disso? Que mensagem tem sido anunciada a respeito do domínio de Deus sobre todas as coisas e Seus direitos como Criador para dar e tomar, e para governar o mundo? Tori Amos, estrela do rock alternativo e filha de um pastor metodista da Carolina do Norte, sofreu um aborto há dois anos atrás. À ideia de que esse evento doloroso poderia ter sido da vontade de Deus ela responde, “se foi, então eu vou dar um chute no t…… dele, porque eu não estou interessada em ‘seja feita a Tua vontade’. Como mãe dessa criança, eu queria a minha vontade, não a dele” (Foster’s Sunday Citizen, 15 de Novembro, 1998).

Mais adiante Jó fala sobre pessoas como sua esposa e Tori Amos. Elas são prósperas, e não percebem que cada respiração delas é uma dádiva da graça que elas não merecem. Elas não vivem vidas de contínua gratidão pela paciência e indulgência de Deus (Romanos 2:4). Não o estimam pelas coisas prazerosas e usam a dor como ocasião para blasfemar o Todo-poderoso. Deste modo Jó fala sobre elas: “E, todavia, dizem a Deus, ‘Retira-te de nós; porque não desejamos ter conhecimento dos teus caminhos. Quem é o Todo-Poderoso, para que nós o sirvamos? E que nos aproveitará que lhe façamos orações?’” (Jó 21:14-15).

Quem é o Todo-Poderoso, para que nós o sirvamos? Boa pergunta, dependendo do tom de voz. Aqui está parte da resposta.

Ele é a razão pela qual vocês vieram a existir. “Porque nele foram criadas todas as coisas” (Cl. 1:16).

Ele é a razão pela qual vocês continuam a existir. “Ele sustenta todas as coisas pela palavra do seu poder” (Hb. 1:3).

Ele decide o porquê de vocês existirem e faz esse existir servir Seus propósitos. “Tudo foi criado por meio dele e para ele” (Cl. 1:16).

Ele te supre com vida, fôlego e tudo mais para os manterem vivos. “Ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas” (Atos 17:25).

Ele é Quem governa todas as autoridades da Terra que parecem tão influentes. “Jesus Cristo, o príncipe dos reis da terra” (Ap. 1:5).

Somente Ele tem autoridade para perdoar pecados. “Quem pode perdoar pecados, senão um, que é Deus? O Filho do Homem tem na terra autoridade para perdoar pecados” (Marcos 2:7, 10).

É completa tolice se opor a Deus. “Horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo” (Hb. 10:31).

É completa sensatez amá-Lo e se aproximar dEle. “Na tua presença há plenitude de alegria, na tua destra, delícias perpetuamente” (Sl. 16:11).

“Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros” (Tiago 4:8).

Trêmulo de alegria sob a poderosa mão de Deus,

Pastor John Piper

 

Por John Piper. © 2013 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org

De cara nova!

”Então Jesus disse aos seus discípulos: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.”  Mateus 16:24

Imagem

Como vocês podem ver, estamos de cara nova.
Novo nome, novo tema, novos ares… Mudamos tudo!
Nosso objetivo é o único que continua o mesmo: Fazer o nome de Cristo conhecido através de nossos posts.

Para quem nos conheceu em 2013, eramos o teenschosen ou TC, como queiram, mas estamos em uma fase transitória e achamos que o blog deveria nos acompanhar.
Anna e Hellen agora com 18 e Emily caminhando para os 17.  Criamos propostas novas para 2014, com um ar mais jovem (risos), a começar por, no mínimo, duas publicações semanais; também fizemos um e-mail onde os leitores poderão nos deixar suas críticas, opiniões e perguntas (tomatuacruzblog@outlook.com).

Queremos vocês conosco em 2014 assim como estiveram em 2013 e sinta-se a vontade para ler, compartilhar nas redes sociais e tomar a sua cruz. (:

REFORMA OU HALLOWEEN?

Por: Pastor Felipe Heiderich (Site do EEE)

Imagem

 

Queria pedir licença para começar esse nosso bate-papo com um desabafo.
Hoje, quando fazia meu exercício de caminhada, olhando para a linda lua que brilhava sobre o céu do Rio de Janeiro, apenas uma frase ficava sendo repetida em minha mente:
 
“Pois dEle é o Reino, o poder e a glória para sempre amém”
 
Essa última frase da “Oração do Pai Nosso” (Mt 6) não está ali a toa. Ela foi propositalmente colocada no final da oração, para que você saiba, que mesmo que seus pecados sejam perdoados, mesmo que você traga o céu a terra e tenha autoridade de chamar o Todo Poderoso de Pai, o mérito não é seu. O mérito é dEle. Não é de mim, por mim e para mim. É tudo por Ele, para Ele e por causa dEle.
Nestes dias onde a igreja tem passado por uma grande crise de identidade; dias onde gastamos mais o nosso tempo brigando entre nós mesmos para saber qual o melhor culto, ou se eu devo ou não bater palmas, quem é melhor que quem, não temos feito a única coisa que fomos chamados para fazer: “Sermos filhos e como filhos anunciar o nosso Pai.”
No primeiro semestre deste ano eu lecionava a disciplina de História da Igreja para um Seminário Teológico aqui no Rio e eu comecei a aula dizendo: “Um povo que não conhece a sua história tende a cometer os mesmos erros que foram cometidos no passado.” A prova cabal disso é que o dia 31/10 está chegando e a maioria de nós sequer sabe o que essa data significa. Se eu disser nomes como Lutero, Jonathan Edwards, John Knox, John Wesley, Aimee, Calvino, Jacobus Arminius, Spurgeon ou até mesmo Billy Graham, muitos vão achar que eu estou falando em “mistério”.
O que se comemora em 31/10? Não, não é o “Dia das Bruxas” ou Halloween. Dia 31/10 é apenas a data mais importante para nós evangélicos, depois do nascimento e morte de Jesus Cristo. Se hoje você pode dizer que é Evangélico e Protestante a sua história foi mudada em 31/10/1517 na“Reforma Protestante”.
Há quase 500 anos atrás um homem resolveu romper com as doutrinas erradas da época e se voltar para a simplicidade do Evangelho. Se voltar para Jesus. Esse homem foi Lutero, e por causa dessa decisão, todas as denominações evangélicas surgiram após isso. Vieram os históricos (Presbiterianos, Congregacionais, Batistas, etc) e os Pentecostais (Nazarenos, Quadrangulares, Metodistas, Assembleianos, etc) e tantos outros.
Sem querer espiritualizar, mas já espiritualizando, você não acha muito estranho que uma data chamada de “Dia das Bruxas” seja comemorada exatamente no mesmo dia que a história de todos os evangélicos é marcada?
A data do dia das bruxas era dia 13 de Maio inicialmente, mas depois mudou para o dia 31/10.
Sabe por que isso é um desabafo? Porque fico triste ao ver que homens e mulheres deram a sua vida no passado para que eu e você tivéssemos toda essa liberdade hoje e nós sequer nos importamos.
Davi mudou a história da humanidade na época dele, mas Davi viveu há 3.000 anos, já faz muito tempo. Paulo mudou a história na sua época, mas Paulo já morreu há quase 2.000 anos. Ambos estavam na Bíblia. Será que outros não podem fazer o mesmo?
Lutero viveu há 500 anos e mudou o mundo a sua volta. Edwards viveu há 300 anos e mudou sua geração. Billy Graham ainda está vivo com 94 anos nos EUA, ele é o maior pregador do século, mas o meu desabafo é para que eu e você não nos conformemos. Essa geração está carente de novos transformadores e reformadores. Essa geração está carente de mim e de você.
Precisamos voltar ao Evangelho, lermos mais a Bíblia, nos preocupar com as coisas que realmente importam e ter os nossos olhos postos no céu, porque em breve Jesus voltará.
Renuncie o Halloween e reviva a Reforma Protestante, tão necessária nos dias de hoje.
 
Na paz d’Aquele que ainda levanta e mantém os seus remanescentes.